Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Artigos

Interação Digital

Arnaldo Rizzardo Filho, Mestrando; arnaldorizzardofilho@hotmail.com.

Resumo:

A sociedade está em constante transformação, fruto de um contínuo desenvolvimento tecnológico que aproxima os indivíduos em uma escala mundial. Esse movimento é verificável a partir do estudo da comunicação em sua historicidade. Desde a forma mais simples de comunicação, a comunicação face a face (oral), a interação humana vem se desenvolvendo através da virtualização. Começou com a escrita, agora está digitalizada. Esse movimento histórico pede a identificação e comparação dos elementos que compõem a interação face a face e a interação virtual em suas diversas modalidade. A partir daí é possível debater sobre o resultado que cada um desses diferentes ambientes de existência de comunicação produz na sociedade. Ao longo do desenvolvimento da interação social, há um nítido processo de dessubstanciação, amplamente verificável na interação virtual da forma digital, resultado de uma tendência autopoiética que a sociedade possui a partir da absorção das alteridades sociais. O artigo faz uma análise comparativa entre os estudos da “interação face a face” do antropólogo Erving Goffman e do “fenômeno virtual” do filósofo Pierre Lévy. Há, definitivamente, uma relação evolutiva não exclusivista entre a interação face a face e a interação virtual, evidenciada principalmente pela formação de uma inteligência coletiva que alimenta-se de cada inteligência individual. A virtualização digital é hoje o ambiente ideal para (auto)reprodução de atualidades sociais. Se interação virtual é um processo multiplicador de atualidades, a interação virtual “digital” embaralha essas atualidades (uma potencialização do virtual), sendo, por isso, uma fomentadora máxima de possibilidade de desenvolvimento social. A virtualização digital evidencia a consciência coletiva enquanto um novo paradigma, ou melhor, um paradigma “atual”, diferente daquele paradigma passado calcado em uma consciência ainda fortemente individual.

Palavras-chave: interação social; interação face a face; interação digital, Inteligência coletiva.

Clique aqui para baixar o artigo completo.